As reformas tornam Hengqin um pólo de atração para investimento estrangeiro
  |  2017-06-21 10:58:00
Ajustar o tamanho da fonte:


A Nova Área de Hengqin, em Zhuhai da província de Guangdong, situada no sul da China, atraiu 97 das 500 maiores empresas do mundo, e 120 das 500 maiores empresas da China para criar sucursais, disse um funcionário.

"Existem 89 projetos-chave que estão a ser construídos em Hengqin com um investimento total de 340.000 milhões de yuans (US $ 50.000 milhões)", disse Li Weihui, vice-secretário do Comité do PCCh da Nova Área de Hengqin durante a Cimeira da Zona Franca Mundial (Hengqin) 2017.

Hengqin criou um caminho de desenvolvimento que combina as vantagens institucionais do continente chinês, Hong Kong e Macau.

Hengqin melhorou acentuadamente o seu ambiente de negócios, eficiência e serviços governamentais, através de uma reforma de registo de negócios.

O governo agora está a usar a internet e a tecnologia da informação digital para tornar mais fácil registar novos negócios e pagar impostos. A nova área está a explorar maneiras de construir um sistema de regulamentação do mercado com gestão de crédito como a chave.

Hengqin consegue constantemente os seus sistemas de serviços comerciais, tornando o desembaraço aduaneiro mais conveniente. À medida que as autoridades provinciais levam o controlo sobre os automóveis que entram em Guangdong de Macau, Hengqin tornar-se-á numa entrada importante para os veículos matriculados em Macau.

Hengqin está a pilotar reformas na proteção de direitos de propriedade intelectual e a trabalhar para inovar o seu sistema de serviços financeiros. Existem 35 empresas em Hengqin com empréstimos transfronteiriços em RMB, e até agora Hengqin processou mais de 230.000 milhões de yuans de assentamentos transfronteiriços em RMB.

Atualmente, mais de 32.800 empresas estão registadas em Hengqin, com um capital total de registo de 1.750 mil milhões de yuans.