Lao Ngai Leong: As funções da ZLC de Hengqing devem ser melhoradas
  |  2017-03-10 10:10:00
Ajustar o tamanho da fonte:


Lao Ngai Leong, deputado do APN e vice-presidente da All-China Federation of Returned Overseas Chinese, disse ao China.org.cn que a China deve melhorar o seu hardware e otimizar o ambiente da Zona de Livre Comércio de Hengqing.

O primeiro-ministro Li Keqiang propôs, no seu relatório de trabalho do governo de 2017, a construção de 11 zonas-piloto de livre comércio de padrões elevados e a divulgação das boas práticas desenvolvidas nessas zonas.

De acordo com Lao Ngai Leong, a desvantagem da ZLC de Hengqing é a falta de áreas portuárias abertas e áreas de supervisão aduaneira especial. Portanto, as políticas de reforma relacionadas não podem ser realizadas em Hengqing.

Lao Ngai Leong sugere que o governo central aloque 0,29 quilómetros quadrados de terra de Zhuhai para a ZLC de Hengqing, incluindo uma zona franca, um porto e um parque industrial. Assim, as funções da ZLC de Hengqing podem ser melhoradas.

As políticas duty free são aplicadas às matérias-primas e aos bens produzidos em Hengqing. No entanto, as principais indústrias de Hengqing são os serviços financeiros, turismo, serviços empresariais, medicina tradicional chinesa, educação e pesquisas, indústria de alta tecnologia e indústria cultural e criativa. Essas indústrias-chave não estão incluídas nas políticas de isenção de impostos.

"Eu sugiro que as sete indústrias-chave de Hengqing sejam incluídas nas políticas de isenção de impostos. Em seguida, mais empresas em Hengqing podem beneficiar-se delas", disse Lao Ngai Leong.